segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

5 dicas na hora de escolher sua profissão


Bem meninas, 2012 é meu último ano no Ensino Médio. Ou seja: vestibular a vista! Foram muitas coisas boas vividas durante todo esse tempo de colégio, mas chegou a hora de encarar os estudos com mais seriedade. Se tem uma coisa que tem tirado meu sono a algum tempo, e com certeza está no meu top-5 de pensamentos é a escolha do curso. Simplesmente acho que é muito cedo para termos que tomar tamanha decisão, que com certeza é uma das mais importantes da nossa vida! Ok, ok, a neurótica está dramatizando e , depois de pensar muito, acho que tenho algumas dicas pra compartilhar com vocês:


Passar algum tempo em frente ao computador pesquisando sobre os cursos que você acha mais legais já é meio caminho andado. As universidades normalmente fazem mostras virtuais, onde você pode conhecer um pouquinho sobre cada um deles. Eu, por exemplo, tenho uma pastinha no meu computador só para esse tipo de arquivo! É importante guardar aquilo que te interessa, para poder consultar e comparar depois.


Antes de começar a garimpar o mundo das faculdades, eu já tinha super uma idéia formada de cada curso na minha cabeça. Quando lia o nome de algum fora da minha área, nem pensava em clicar. Com o passar do tempo, fui descobrindo que é tudo muito diferente do que eu imaginava. Quem diria que, a “garota-das-humanas”, Gabriela, passaria a se interessar por cursos de biológicas? Então, antes de tudo, esqueça aquilo que você “acha que gosta”, e dê uma chance a outros caminhos, eles podem ser grandes surpresas!


Ler é sim, muito importante. Mas o próximo passo é perguntar pra galera que está um passo à nossa frente: quem já está lá! Se interessou por alguma coisa? Vá atrás de alguém que faz o curso ou que trabalha naquela área. Apesar de tanta pesquisa, só sentindo na pele pra realmente saber. Questione sobre matérias, horas de estudo, professores, provas, salário, mercado e realização pessoal.


Sonhar é sim, essencial. Mas, na hora de decidir nosso futuro, é necessário ter os pés no chão. Não adianta nada fazer alguma coisa que você não goste, não se identifique, mas que dê muito retorno financeiro, por exemplo. Mas também não é o ideal escolher alguma coisa que vai ser muito difícil de dar certo. Equilíbrio é a palavra certa. Felicidade e estabilidade são as palavras chave na hora de escolher sua profissão.


Gente, eu confesso que, de tão neurótica que é esta que vos fala, já passei muitas horas fazendo esses testes vocacionais online, que realmente ajudam. Dá pra você fazer um tanto, jogando no Google, e eles te mostram, de acordo com suas respostas, que área combina mais com você e que profissões se encaixam no seu perfil. O mundo virtual, porém, não é tudo: para aqueles que estão realmente na dúvida, existem psicólogos que fazem esse tipo de orientação. São várias sessões, várias conversas que, no final, esclarecem muita coisa sobre suas aptidões.


Enfim, depois de tanta pesquisa, o importante é se sentir bem com sua decisão e preparar-se muito! Nosso futuro cabe a nós decidir!

7 comentários:

  1. Ótimas dicas,vim retribuir o comentário!!^^
    http://meumundomudando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adorei *-* Beijos
    Ah faz uma visitinha no meu blog http://nossobvirtual.blogspot.com/ *-*

    ResponderExcluir
  3. Olá.Seguindo aqui,segue de volta ! bjos
    http://sassygirl-blog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. oiii! retribuindo a visita... adorei o blog, voltarei mais vezes. http://garotadistraida.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. hej there,
    you have a nice blog and I really like it!

    Check out mine if you have not yet :)

    ResponderExcluir
  6. Oi gente sigam meu blog que eu sigo de volta
    alebela.criarumblog.com
    la vc encontra tudo que acontece sobre os famosos

    ResponderExcluir

Oi gente, os comentários são uma das forças pra que eu continue fazendo isso aqui : )